9 thoughts on “ É Triste Ser Emigrante - Manuel Aleixo - Canta Poemas Do Dr. Fernando Cardoso (Vinyl) ”

  1. Faebar says:
    Disco vinil single - Manuel Aleixo - Canta Poemas do Dr. Fernando Cardoso É triste ser emigrante Descreio em tudo o que existe Hino à criança.
  2. Gardalkree says:
    Manuel Alegre de Melo Duarte é um escritor e político português. visualizações. 57 2 3. Trova do Emigrante. Parte de noite e não olha Os campos que vai deixar Todo por dentro a abanar Como a terra em Agadir Folha a folha se desfolha Seu coração ao partir Verde campo verde e triste Em ti ceifou e hoje foi-se Em ti ceifou mas a.
  3. Tujar says:
    Mas a paixão do Tempo e de seus riscos Tu buscaste o instante e a intensidade E foste do combate e da mudança Por isso um rastro de ruptura e de viagem Ou talvez este fogo inconquistado Como breve eternidade De passagem. Manuel Alegre.
  4. Yozshule says:
    Ser emigrante não é coisa ligeira Outros conheço em que o sentimento é o mesmo,um vazio que transbordar um - de nada vale. Confie em si,no seu querer e na vontade que o levou até esse lado do .
  5. Meztizshura says:
    Poema para um emigrante Eu queria chamar-me Manuel e viver tranquilo na minha terra ir á tardinha com os amigos ao café e falar do tempo sem pensar que a seca trará a flor da fome ás searas queimadas. Eu queria chamar-me Manuel e ter uma casa, água e luz, poder fazer um filho livremente sem pensar na subalimentação fisica nem lavarpertpatenol.skinlichecknasenaterapeanouscirrdi.co: Elvira Carvalho.
  6. Grogami says:
    Com o passar do tempo,com os novos conhecimentos,as novas experiencias,tornamo-nos pessoas mais ricas a todos os lavarpertpatenol.skinlichecknasenaterapeanouscirrdi.co seja culturalmente intelectualmente,e ate do ponto de vista humano. Esta foi para mim a maior aventura que poderia ter vivido,aproveitei-a o melhor que soube.
  7. Kajirn says:
    E o único jeito de ser mais malandro que a tristeza é sendo cínico. E lá vai a garota. Comprar pão quente com seu cinismo. Comprar absorvente com seu cinismo. Amar com seu cinismo. Porque só o cinismo vence a tristeza. Porque só o cinismo é mais triste do que a tristeza. E eu virei um muro alto feito de pedras cheias de pontas.
  8. Groran says:
    do poema do mundo. – Manuel Alegre, do livro “Doze Naus”, Lisboa: Dom Quixote, § Balada do poema que não há Quero escrever um poema Um poema não sei de quê Que venha todo vermelho Que venha todo de negro Às de copas às de espadas Quero escrever um poema Como de sortes cruzadas. Quero escrever um poema Como quem escreve o momento.
  9. JoJoshakar says:
    Na solidão do ventre sorri para a escuridão, no vazio onde me perdi, esse recanto onde o amor é desapego. Onde só entra quem eu quero. Seres que povoam os meus céus, cantem em terra de desejo, pura imagem da beleza. Seres que povoam os meus infernos, amem o ser rendido de prazer nas chamas do desejo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *